Transpondo Matrizes no Excel

Imagine a seguinte planilha:



Talvez desejássemos copiar esta tabela para uma outra planilha, mas invertendo as linhas e as colunas.



Se simplesmente copiarmos e colarmos a tabela da primeira planilha, teremos uma cópia da tabela, mas as posições serão mantidas. Precisamos utilizar uma destas soluções: A OPÇÃO TRANSPOR DO COLAR ESPECIAL ou A FUNÇÃO TRANSPOR.

COLAR ESPECIAL, TRANSPOR

1. Selecione a tabela original;
2. Utilize o comando copiar (através do menu Editar, por exemplo, ou do atalho CTRL + C);
3. Entre no local de destino, por exemplo, a planilha Plan2 e selecione a célula a partir da qual os dados serão colados (em nosso exemplo, a célula B3);
4. Em vez de simplesmente colar, clique com o botão direito ou utilize o menu Editar para acessar a opção Colar especial.
5. Na janela que será exibida (reproduzida abaixo), marque a opção transpor e dê um OK.
6. Provavelmente, você terá que fazer alguns ajustes sobretudo nas larguras das colunas.



Bom, isso resolveu o seu problema? Às vezes, é preciso não apenas inverter a posição da tabela, mas manter os vínculos entre elas de modo que, quando eu fizer uma alteração na primeira tabela, ela se repita automaticamente na segunda.

Você conhece a opção Colar Vínculo da janela do Colar Especial? Ela faz justamente isso: em vez de colar os valores das células, ela escreve uma fórmula, vinculando a nova tabela à primeira.

O problema é que – olhe novamente a caixa de diálogo Colar Especial – quando optamos por Transpor não podemos utilizar o Colar Vínculo: essa opção fica desabilitada. Nesses casos, podemos utilizar a função Transpor.

A FUNÇÃO TRANSPOR

1. Clique na célula a partir da qual a nova tabela será escrita (vamos utilizar a célula C4) e digite =TRANSPOR(.
2. Entre na planilha onde está a primeira tabela e selecione-a. O Excel deverá terminar a fórmula para você. No nosso caso, ficou assim:




3. Dê um ENTER. Lembre-se de não “clicar fora”, nem sair da planilha enquanto está criando a fórmula.

4. Selecione o que será a área da tabela final. Deve ter ficado assim:




O resultado ainda está bastante estranho, não é mesmo? Mas agora vem o principal. É preciso transformar essa fórmula em matricial, isto é, uma fórmula que traz como resultado não um único valor, mas uma matriz (tabela) de valores. Vamos ao próximo passo:

5. Digite um F2 (lembre-se de que F2 é o atalho para alterar o conteúdo de uma célula). Agora, segurando as teclas CTRL e SHIFT, dê um ENTER. (CTRL + SHIFT + ENTER é o atalho para criar fórmulas matriciais.)

Deve ter dado certo. Formate a nova tabela à vontade e observe que, assim que você fizer uma alteração na primeira tabela, ela se repetirá na segunda. Elas estão vinculadas.

Júlio Macedo - MCDBA -- 15/12/2011


Al. Santos, 1293 - 9° andar  |  Jd. Paulista - São Paulo-SP  |  11 3284-7388


Copyright © 2017 by CompuClass Informática


-